Dumeulado


Category Archive

The following is a list of all entries from the Sem nexo category.

Pesadelos Paralelos

Em busca de algo quem é que nao acha? EU acho o que eu quiser basta apenas procurar. Nos cantos mais escondidos, nos detalhes mais minimos, nas cenas menos interessantes, nos buracos das ruas, na exaustao da cidade grande, no tedio dos meus dias, nos sorrissos da sua boca, nos refroes embolerados, grudentos, que masgam,engasgam, no tempero da comida, na cor desbotada de minha pele, de minha parede, de minha casa. Eu acho tanta coisa, que me perco entre elas e me sinto distante, frente a imensidao desse lugar e o curto periodo de minha vida.


Linda ficção que criei com a mão

Bati a cabeça, estou inconsiente, estou vendo meu corpo, não! NÃO!!
Eu morri?! Não pode! Como!?
Aqui não é meu lugar! Onde estou?!
ONDE ESTOU?!

Bati a cabeça, não doeu! Bati mais forte, não doeu!
Cadê o meu mundo?!
Onde foi que eu me perdi?

Sim, sim! Eu posso te ver! Quem é você? Eu estou louco? EU ESTOU LOUCO!!

Caia pedra, caia! só não caia em meus pés.

Eu vou conseguir, vou sair daqui!
hãn?!
ahhhhhhh!.

NÃAO!!!!……..


Da febre.

Pequenos detalhes dão sentido àos meus dias. Na busca e fuga de mim mesma. E eu to com dor de garganta , febre e dor no peito , e não consigo nem andar direito , pq cada passo ecoa na minha cabeça e ela fica um pouquinho mais pesada .
Enfim continuo em busca de mais detalhes que façam valer a pena os meus dias . continuo na busca e fuga de mim mesma .continuo continuando o eterno continuar continuo.
È .. febre causa delirios . é melhor vc ficar em baixo do edreedom nesse estado , do q na frnte de um pc com um blog aberto, porque se não acontecerão coisas parecidas com esse post delirante.


Do verbo Existir

Eu deveria parar de pensar tanto e viver , vivendo sem me preocupar, sem olhar pros lados. como um barquinho a vela sendo empurrado pelo vento. O vento que nunca soprará sempre na mesma direção.

eu penso por amor , a arte de discordar, e assim existo .


6 do 11

Aqui começa o meu reinado.
Primeiramente, não queria escrever uma coisa alegre, pois a jakie não está e isso me deixa triste também, porque a única coisa que posso fazer é sentar a bunda na cadeira e dizer algumas palavras que talvez a deixaria feliz. Mas também não queria escrever algo triste, porque o momento não é apropriado! O da.. está virando du.. e o outro da permanece,a moça mi retorna, minha empresa vai de boa e eu amo minha cachorra..
AHhh.. comecei a ler outra coisa e perdi a noção de como continuar isto aqui.`Pelo menos vocês sabem o que eu queria escrever…