Dumeulado


Category Archive

The following is a list of all entries from the Du category.

Penso

Mas para que pensar? Se é sempre a mesma história! Eu só queria uma vez ter o mesmo fim, que na minha cabeça termina.

Anúncios

Se tivesse um tostão

Se tivesse um tostão
levantaria do chão
compraria um pão
ah! Se eu tivesse um tostão

pobre vivo
pobre estou
mas se eu tivesse um tostão
passaria fome não

Brincando de poeta, faz a rima, fique esperta, que eu sei não sinhá. Este ano juro que vou tentar comentar mais das coisas que vejo-leio-ouço. Não quero aprofundar nas rimas, acho que não tenho jeito, mas preciso praticar um pouco mais de actionscript, apesar de não gostar do “dinamismo” do flash.Queria mesmo é pegar no Java, mais este deijo pra mais pra frente. É isso, em breve volto para dilacerar o pouco que sobrou de seus cérebros.


Apaixonado

Sérgio Gibim Ortega

Sou apaixonado pelas lindas
mulheres desta vida,
pelos olhos lindos que
em troca de olhares
seduz-me intensamente
tornando-me poeta
das belas inspirações.
Mulher!
Sou apaixonado por
seu jeito de menina…
o seu jeito de mulher,
Mesmo que ainda seja nova
em sua mocidade
ou mulher experiente e
bem cuidada.
Seja loira ou morena, branca ou negra,
mais ainda é mulher,
que toca um
amor dentro de mim.
Mesmo que a vida passe,
no meu coração você
mulher ainda me faz apaixonado por ti.
Mesmo que não me ama…
Mesmo que não me queira,
sou apenas o seu admirador…
Só apenas pelo teu jeito de ser.
Mesmo que eu morra sem teus beijos,
sem o teu carinho,
eu ainda sou o
apaixonado por ti mulher.
Apaixonado pelo teu respeito,
teu cheiro, teu amor.
Por isso mulher sou
chamado de mulherengo,
que nem também só gosta
de sexo ou mulher da vida.
É apenas mulher que eu possa
beijar-te na boca, amar-te,
sempre… sempre,
mas ser apaixonado
por ti.


|||

Vai no cú!


Janeiro

Primeira tarde do primeiro dia do primeiro ano terminado em dez que eu passo e com voz de quem que eu acordo?
Deus é no mínimo um cara muito ruim, ou talvez o melhor de todos por atender meu ultimo desejo de dois mil e nove.
Eu não tenho mais palavras, estou ouvindo Norah Jones, e acordei feliz hoje.


Últimas

Descobri que ela me ama!.
Muito mais do que posso amar o meu computador.
Mas eu não sei, não sei.
Espero que esse fim de noite sem você, seje o melhor deste ano.
E que no próximo as coisas sejam mais revelantes e emocionantes que as desse ano terminado com nove pode ser.
Não quero escrever, escrevo para ter trezentas e dez, e aqui me desfaço.


Crazy

Crazy
Norah Jones

Crazy, crazy for feeling so lonely
I’m crazy, crazy for feeling so blue
I know you’d love me as long as you wanted
And then someday, you would leave me for somebody new

Worry, why do I let myself worry ?
Wondering what in the world did I do ?

Crazy for thinking that my love could hold you
Oh i’m crazy for trying and crazy for crying
And I’m crazy for loving you

Worry, why do I let myself worry ?
Wondering what in the world did I do ?

Crazy for thinking that my love could hold you
Oh i’m crazy for trying and crazy for crying
And I’m crazy for loving you


Cabreiro + (dü12 = 5/12)

Existe no oceano, um peixe que não pode ver, ele habita as profundesas com uma luz em sua face, e sempre sozinho, o que me faz lembrar muito de min, eu que sempre com uma (agora duas) luzes em minha cara fico só aqui.
Se esse peixe não fosse tão feio eu tentaria visita-lo pra fazer companhia quando euc hegar no topo do mundo, pensando bem, a belesa não me importa, mas aqueles dentões, isso sim importa.

No more words.


Pardon Me

É meio estranho essa música agora. Só queria dizer que gostei, gostei da musica, só isso.

Pardon Me (traducão)
Incubus
Pardon Me – Perdoe-me

Perdoe-me enquanto eu explodo

Uma decada atrás, eu jamais pensaria que seria
Um cara de vinte e três anos, a caminho da combustão espontânea
Pobre de mim.
Mas eu acredito que isso vem com o território,
Uma paisagem agourenta de calamidade interminável
Eu preciso que você ouça, eu preciso que você veja
Que eu tive tudo que posso agüentar
E explodir parece uma possibilidade real para mim

(Refrão)
Então perdoe-me enquanto eu explodo em chamas
Eu já tive o suficiente do mundo
E desses jogos irracionais das pessoas
Então perdoe-me enquanto eu queimo
E elevo-me acima das chamas
Perdoe-me, perdoe-me
E eu nunca mais serei o mesmo

Mais ou menos dois dias atrás
Eu tava dando uma olhada em um livro, e eu vi
A foto de um cara todo queimado acima do joelho
Eu disse: “Eu posso comparar”
Porque ultimamente eu tenho pensado em combustão
Como umas férias bem-vindas
Das dificuldades do planeta Terra
Como gravidade, hipocrisia
E os riscos de se estar em 3-D
Mas se pensar completamente diferente

Perdoe-me enquanto eu explodo em chamas
Eu já tive o suficiente do mundo
E desses jogos irracionais das pessoas
Então perdoe-me enquanto eu queimo
E elevo-me acima das chamas
Perdoe-me, perdoe-me
E eu nunca mais serei o mesmo

Nunca mais serei o mesmo yeah

Perdoe-me enquanto eu explodo em chamas
Perdoe-me, perdoe-me, perdoe-me

Então perdoe-me enquanto eu explodo em chamas
Eu já tive o suficiente do mundo
E desses jogos irracionais das pessoas
Então perdoe-me enquanto eu queimo
E elevo-me acima das chamas
Perdoe-me, perdoe-me
E eu nunca mais serei o mesmo
Nunca mais serei o mesmo yeah


ps:

e ela sabe dançar… e ela sabe dançar…